segunda-feira, abril 23, 2007

FAZER PENSAR


Fui nomeada como um dos cinco blogs que faz pensar. Fui nomeada por alguém que me faz pensar a mim, o meu amigo Cusco, do VIAGENS DA ALDEIA, http://latidosemdono.blogspot.com/), que me lê e me comenta, a quem também eu leio com o maior interesse e comentamos os textos um do outro com a regularidade que esta eterna luta contra a falta de tempo, drama dos dias de hoje, permite.
Não posso deixar de, aqui neste espaço que é meu e vosso, lhe agradecer esta nomeação e lhe dizer que o que verdadeiramente me encheu de orgulho foi o facto de ter sido ele a nomear-me.
Visitem o blog deste grande SENHOR e vão entender porquê.

Apesar de eu não ser muito adepta da competição em áreas de teor essencialmente criativo como é o caso da maioria dos blogs. Esta é, no entanto, o tipo de nomeação que me faz sorrir. “Fazer Pensar” foi um dos propósitos da criação deste espaço e uma das principais razões porque mantenho o esforço em lhe dar continuidade é precisamente por sentir que tenho alcançado devagarinho esse objectivo.

Esta nomeação deixa-me pensativamente sorridente.

Quem me lê sabe que escrevo por amor.
Amor às palavras.
Amor à vida e às vidas.
Amor ao mundo e aos mundos.
Amor ao ser e aos seres.

Esse amor faz-me escrever textos sobre mim e sobre personagens que são parte de mim e de tudo o que me rodeia. O que escrevo é parte do que sinto, do que vejo, do que sonho, do que penso, do que ouço, do que imagino, do que ambiciono, do que sofro, do que acredito, do que duvido, do que quero, do que gosto, do que odeio, do que rejeito, do que enfrento, do que me indigna, do que me revolta, do que luto, do que me move, do que me fortalece, do que me dói, do que me moí, do que amo, do que amo, do que amo!

Isto.
As palavras
A vida, as vidas.
O mundo, os mundos.
O ser, os seres.

Gostava que esses textos que saem do mais fundo de mim e são um reflexo puro e por vezes duro da forma como os meus olhos, a minha alma, o meu coração, o meu pensamento vêem o mundo
o sentem
o entendem
o amam
e muitas vezes o odeiam.
São um reflexo da forma como vivo, vivi ou vi viver
morro, mato-me ou vejo morrer.
São um reflexo de mim inteira e da minha existência que gostava de ver reflectida no vosso pensar.

Não quero que pensem como eu!
Não! Nunca o façam! Não pensem como eu nem como ninguém!
Por favor!
Pensem apenas.
Pensar é exactamente o contrário de pensar como alguém.

Pensar é duvidar.

Desculpem-me os crentes, pensar é o contrário de fé.
Não é não ter fé, mas é ser capaz de continuamente a pôr em causa.

Gostava que:
as minhas palavras,
as minhas histórias,
as minhas personagens,
as vidas que lhes dou ou lhes tiro,
os conflitos já vividos que as faço reviver,
os mundo em que habitam e que vos tento mostrar,
aquilo que não digo mas está lá nas entrelinhas, destas linhas circulares em que escrevo para aqueles de vós que quiserem rodear esse circulo de sangue suor, lágrimas, fogo, riso, prazer água e mel de que fiz a minha tinta.
Gostava que tudo isto e mais tudo aquilo que de vós nos textos deixam ficar quando os lêem, fossem uma gota de dúvida no pensamento de quem me lê.

Porque repito, pensar é duvidar.

E de cada nova certeza o novo pensamento deve ser capaz de construir uma nova dúvida.

Muitas outras coisas fazem abanar e mover o mundo mas uma delas é sem dúvida a força do pensamento buscando certezas que o próprio pensamento destrói quando inundado de dúvidas… esta força poderosa e imparável empurra o mundo…

Novos pensamentos constroem novos mundos.

E ainda bem.
O mundo como está bem precisa de novos e velhos seres pensantes que o ajudem a renovar-se.

Obrigada Cusco e obrigada a quem me lê e pensa comigo.

Agora a parte difícil.

Escolher 5 que me fazem pensar.
Pois bem perante esta tarefa impossível pois todos os que visito e comento me fazem pensar e muito, tive de pensar muito para criar um critério alternativo.
Vou ter a ousadia de não divulgar o critério que escolhi.

Assim os 5 escolhidos são:

Um dia depois… (
http://sambock.blogspot.com/ ) do Paulo Guerreiro que escreve com uma qualidade de escrita inegável, com a alma aberta como é raro ver, com a coragem de se olhar, se autoavaliar, autocríticar, de um verdadeiro guerreiro, sendo Guerreiro já o seu nome. Mas não fica por aqui, analisa o mundo de uma forma especial usando toda a sua experiência de vida e sensibilidade para retratar o bom e o mau sem julgar… os “pântanos da vida” ensinaram-lhe que qualquer um lá pode ir parar e lá com qualquer um nos podemos cruzar.

Pierrot
http://heartpierrot.blogspot.com/ do Eugénio Rodrigues mais um escritor de grande qualidade, com uma característica que admiro muito, desprovido de qualquer pretensiosismo tenta com a sua simplicidade (e meus amigos, ser simples é muito, muito mais difícil que ser complicado) tocar dentro de cada um que o lê. Tem uma sensibilidade tão fora do cumum e sabe que para a usar alçançando todos e qualquer um, tem de ter a arte, o mérito, o dom de ser simples. Ele tem esse dom e usa-o. Usa-o para nós. Simplificasse para nós. dá-se a ele e ao seu raro dom a nós.
Que nós saibamos reconhecê-lo por isto e que ninguém nunca confunda simplicidade com vulgaridade.
Elogiá-lo é tambem elogiar essa tão preciosa simplicidade e tantas vezes tão injustamente confundida.


De pernas para o ar http://estranhodesassossego.blogspot.com/ da Estranha pessoa esta, uma mulher tão plena, tão densa, tão forte e tão frágil, tão doce e tão dura, tão cheia, tão cheia, tão cheia que transborda para a sua escrita e ali entrega-nos de si o que aceita mostrar e para o bom observador, deixa espreitar aquilo que com muito amor e muita raiva vai teimosamente escondendo.

Nimbypolis
http://nimbypolis.blogspot.com/ do Nilson Barcelli, uma descoberta recente que vale a pena continuar a descobrir, pois ele próprio descobre-se e vai-nos desnudando as suas descobertas, expondo-se sim mas sempre por detrás de um véu esvoaçante, só o vemos, só o lemos verdadeiramente se formos capazes de nos abanarmos ao ritmo do vento que faz o seu véu esvoaçar.

Visceralidade
http://glandulasudorifera.blogspot.com/ de Arritmia Visceral, mais uma descoberta recente que vale a pena pois o nome do espaço está tão bem escolhido que diz tudo. É visceral, escrever assim além de difícil é doloroso, sei-o porque também eu sou visceral. Neste caso além de uma escrita de grande qualidade existe uma linguagem própria a todos os níveis, as palavras e as imagens conjugam-se de forma
soberbamente visceral.

A ti, querida B que estás aí com o sorriso nos lábios, já sabes qual é a razão de aqui não estares. Estás em mim 24 horas por dia. Penso em ti, sobre ti e contigo tanto que dizer que algo que fazes me faz pensar não faria sentido. Tu és parte do meu pensamento!

Ao meu grande amigo António Melenas do Escritos Outonais
http://escritosoutonais.blogspot.com/, que foi nomeado junto comigo e pela mesma pessoa, quero que saiba que a única razão pela qual não o vou nomear é por ter decidido que o tenho para lhe oferecer é mais que isso. A seu tempo farei um texto unicamente sobre ele e aí sim espero conseguir prestar-lhe-ei a homenagem que realmente merece e tentarei à minha maneira demonstrar-lhe o grande carinho e admiração que lhe tenho.

Ao Brain, do Taradisses,
http://taradisses.blogspot.com/, que esta manhã tinha decidido ser um dos meus escolhidos, não o foi porque entretanto vi que já tinha sido nomeado.
Ainda assim não posso deixar de falar neste blog onde as perguntas, as dúvidas, o espicaçar das certezas, o abanão que não nos deixa adormecer no conforto ou na ignorância, o agitar dos pensamentos, o alertar dos sentidos, é uma constante.
Se falamos de fazer pensar aqui temos isso, temos isso bem feito, com frontalidade e sensibilidade bem medidas, tocando no mais fundo daqueles de nós que assumidamente e corajosamente se deixarem tocar. Olhar para dentro de nós próprios e para o mundo, ver e agir é ao que Brain nos incita e bem.

Os nomeados devem copiar o selo correspondente e colocá-lo na barra lateral dos seus blogs. Devem, igualmente, escolher os cinco blogs que os fazem pensar e escrever um post a nomeá-los...Odeio este tipo de regras já sabem, mas é assim!

Por hoje deixo-vos com a fotografia de uma gaivota maravilhosa, que me fez pensar muito.

O que ela me cantou, talvez um dia vos conte... numa outra história.


Isabel


"O canto da gaivota"

Fotografia de Helena Isabel Ponce

33 Comments:

Blogger Brain said...

Isabel...

Sem palavras.
Difícil, mas conseguiste!

Mais do que uma nomeação, estas palavras vindas de ti, que TÃO bem as sabes usar, conjugar, montar, alinhavar e por fim, expressar, são o elogio supremo àquilo que, no fundo, reflecte "apenas" os meus pensares e forma de estar e agir.

O meu mais profundo e humilde, Obrigado!

Beijo.

segunda-feira, abril 23, 2007  
Blogger bettips said...

Tu, que gritas o furor e o amor, em tudo o que nos escreves.
Só tu, para escolheres assim.
Tu que te encolhes, estendes, distendes, retrais.
Só tu, para nos fazeres sentir o que sentes tão plena de vida.
Esvoaças e traças a alma. Estado de andorinha.
Bjinho

segunda-feira, abril 23, 2007  
Blogger António Melenas said...

Querida Amiga,
este texto é bem o teu retrato: directa, frontal, terna, generosa, arrogante, nunca auto-satisfeita, incoformada provocadora, brilhante na forna, inovadora no conteúdo. O teu retrato perfeito.
Quanto ao prémio em si, remeto-te para os dois comentários que, sobre o assunto, teci no blogue do Cusco, dizendo-te desde já que o seu principal valor é o de constatar quem nos aprecia e nos quer bem. E o facto de vir da parte do Cusco esse é o melhor prémio
Um beijinho
António

segunda-feira, abril 23, 2007  
Blogger Pedro Branco said...

OLá Isabel:

Leio-te frequentemente (é preciso um pouco mais de tempo para isso), embore nem sempre comente. Fico-me pelas imagens das tuas palavras.

Este post fez-me lembrar um antigo que escrevi. Vai vê-lo, se quiseres. http://daspalavrasquenosunem.blogspot.com/2007/03/expl0so.html

Beijos.

segunda-feira, abril 23, 2007  
Blogger Mr_Lynch said...

Isabel;
Parabéns pela nomeação.
Aguardamos pelo conto do canto da gaivolta.
*

segunda-feira, abril 23, 2007  
Blogger Nilson Barcelli said...

Cara Isabel,
Quanto à tua nomeação, nem preciso de pensar, pois ela é mais que merecida.
Os teus textos falam por si próprios. Tens uma escrita original (que me lembre nunca vi ninguém escrever assim) e de uma qualidade literária invejável. Há muitos escritores, que até vendem que se fartam, que não te chegam aos calcanhares.
Quanto à minha nomeação, que agradeço, posso dizer-te que fiquei surpreendido e não tenho grandes comentários (deixaste-me sem palavras). Principalmente por ser uma nomeação vinda de ti. Deixas-me a pensar... mas nem sei o que pense (se calhar tenho dúvidas, mas também sei que nestas coisas nunca somos bons juízes em causa própria...).
Beijos.

segunda-feira, abril 23, 2007  
Blogger pirritantes said...

Vejam:

http://portugueses-irritantes.blogspot.com

e ajudem a eleger quele que será considerado o mais irritante de todos os portugueses para os seus próprios compatriotas.

PARTICIPA!

segunda-feira, abril 23, 2007  
Blogger Estranha pessoa esta said...

Isabel,

Tu não mereces este 'selo' mereces mil iguais a este.
Eu sei que ando em falta contigo.
Mas, também sinto que sabes que estou aqui...
Estimo-te!
És um grande ser humano.
Existem muitas pessoas.. mas, poucos seres humanos.
Tu és ser humano.
Sinto isso.
Porquê?
Também não sei.
Mas, se soubesse diria 'sei isso' e digo 'sinto isso', por isso não questiones, que eu não questiono ;)

Os teus textos não são usais, banais.. como queiras chamar.
Têm sentimento, alma.. são cheios!
És cheia!
E muito obrigado por partilhares tudo isso connosco.
Muito obrigado, mesmo!

Em relação ás tuas palavras para com a minha fraca pessoa.. que posso eu dizer?
És completamente tótó ehehe
Não tenho mais nada a dizer...
:P

Gosto de ti!
Abraço apertado , mesmo apertadooo para ti Ser humano **

terça-feira, abril 24, 2007  
Blogger Cusco said...

Olá Isabel. Venho desejar-te um bom feriado perfumado pelo cheiro a cravos que paira no ar. Venho mais uma vez dizer-te que nomear-te foi um prazer que me proporcionaste. Não precisas de agradecer, pelo contrário eu é que te agradeço o prazer que nos proporcionas com a leitura dos teus textos. Aliás só pela forma como tu comentas esta tua nomeação merecerias outra e outra. É caso para pensar.. a forma como nos fazes pensar!
Um beijo e até breve
SE DEUS QUISER

terça-feira, abril 24, 2007  
Blogger Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras said...

Parabéns pela tua "nomeação". mereces.

Estou deveras comovida por teres escolhido o Blog do Guerreiro, pois tal como tu, entendo que se trata de um espaço que faz pensar, sentir e que usa uma escrita de qualidade rara.
Um beijinho

terça-feira, abril 24, 2007  
Blogger M. said...

Gostei muito, Isabel. A tua marca também neste texto.

terça-feira, abril 24, 2007  
Blogger Bruna Pereira said...

Pois muitos parabéns!!!
Porque o merecido sabe sempre bem...
Agora venham mais palavras das tuas, venham elas...

Um beijinho :)

terça-feira, abril 24, 2007  
Blogger veritas said...

Olá Isabel!

Então continua a escrever por amor. Então, continua a fazer-nos pensar.

Bjs. Boa semana.

terça-feira, abril 24, 2007  
Blogger Maria said...

As tuas palavras, sempre....
Sempre as tuas palavras, mesmo que seja para nomear cinco blogues.
As tuas palavras...

Fico à espera da estória da gaivota...

Beijo

terça-feira, abril 24, 2007  
Blogger PHYLOS said...

Obrigado pelas dicas.

quarta-feira, abril 25, 2007  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

Feliz dia da liberdade!

bjos

quarta-feira, abril 25, 2007  
Blogger maria said...

Olá Isabel,
Gostei muito da forma como encaraste esta nomeação e o texto que escreveste sobre a mesma, que é verdadeiramente original. Achei excelente a ideia de teres terminado o teu post sobre esse assunto, algo delicado, no fundo, com a imagem de uma bela gaivota, que ainda por cima canta... e que já te contou coisas que talvez um dia nos venhas a contar... fico à espera desse dia!

Um beijo com carinho.

quinta-feira, abril 26, 2007  
Blogger Nilson Barcelli said...

Não escreveste mais nada...
Um bom resto de semana para ti.
Beijos.

quinta-feira, abril 26, 2007  
Blogger arritmia visceral said...

pois é Isabel, vindo de ti é sem dúvida um previlégio. admiro-te o suficiente para não te desapontar.

assim sendo, o sudorífero vai continuar "os tributos ao outro".




merci e boa palavra...

quinta-feira, abril 26, 2007  
Blogger elsa nyny said...

Isabel!
estáva com saudades tuas!
Vim ver-te...recebeste o òscar, parabéns! Eu também o recebi...

Continua a encantar com as tuas palabras!
Beijinhos!

quinta-feira, abril 26, 2007  
Blogger P. Guerreiro said...

Parabéns pela tua nomeação. De qualquer maneira mesmo sem ela tu terias sempre um dos melhores blogues. Da escrita, dos pormenores retratados, esses cambiantes da nossa alma, essas dúvidas. Ler-te é também reflectir sobre nós próprios, quantas vezes apanhados na teia, umas vezes fracos, outras vezes fortes. Gosto muito de te ler, como tu também eu me pretendo frontal e honesto, dai o prazer das tuas palavras, das situações que crias, ou recrias, quem sabe?
Obrigado por me teres escolhido, fiquei sinceramente lisonjeado…Não sei se serão estas as palavras correctas mas sei que fiquei contente, senti-me bem.
Um abraço amigo e bom fim de semana.


(Mesmo que não adira à votação acredita que estás entre os meus cinco preferidos…)

sexta-feira, abril 27, 2007  
Blogger maria said...

Olá Isabel,

Queres um "cheirinho" de MD?
Se quiseres, passa no meu blog.

Um beijo. Bom fim-de-semana.

sábado, abril 28, 2007  
Blogger serenidade said...

Isabel,

belas palavras nos deixas sempre neste fantástico espaço.

Parabéns!

Bom fim de semana.

Serenos sorrisos.

sábado, abril 28, 2007  
Blogger o alquimista said...

Olá querida amiga...mereces inteiramente esta nomeação pelo encanto que irradias no teu céu de palavras...


Doce beijo

sábado, abril 28, 2007  
Blogger daniel sant'iago said...

Gosto muito de como te duvidas...
Existes!
Beijo.

terça-feira, maio 01, 2007  
Blogger Maria said...

Pois....
Estás nomeada no meu blog....
E estás à vontade para ficar quietinha e fazer nada...

Beijinhos

quarta-feira, maio 02, 2007  
Blogger Vida said...

Ops!! Cheguei cá atrasada amiga, mas não faz mal, nomeei-te sim senhora, porque mereces, existes e escreves de uma forma que me fazes pensar e muito. Aparece lá por casa.

Beijos para vocês!! Saudades daquele serão...

quinta-feira, maio 03, 2007  
Blogger Betty Branco Martins said...

Querida Isabel

Estou de volta:)


Como teu pensas__________e como pensas dás que pensar minha amiga

Parabéns pelo prémio______muito bem merecido

Beijinhos com carinho

quinta-feira, maio 03, 2007  
Blogger Cris said...

Ler-te tirou-me o folego, sem palavras....

Prémio merecido!

Beijinho
Cris

quinta-feira, maio 03, 2007  
Blogger Pierrot said...

Isabel:

Estou estupefacto, palavra...
Nunca pensei ser alvo de tais palavras!
Sei lá, queria escrever e pronto...
Precisava escrever para expurgar tudo o que sentia.
E como achava que alguns seriam como eu, talvez os ajudasse, talvez me compreendessem então!
Fico super agradecido por este galardão, que valendo o que vale, para mim vale bastante.

Agora, só não sei como fazer o que me disseste, isto é, copiar o simbolo e cola-lo na lateral do Pierrot.
Pois é, acredita que para mim um blog é mesmo só para escrever. Mas tentou perceber como se faz isso e logo se vê.
Bjos daqui e uma vénia de um Pierrot emocionado.
Eugénio

sexta-feira, maio 04, 2007  
Blogger APC said...

Fotografia MARAVILHOSA!...
Como, de resto, outras que já vi tuas e que vejo neste teu espaço onde somente agora me estreio.
Queria dizer-te várias coisas: a primeira consiste num agradecimento às palavras que me dedicaste no meu cantinho de camuflagens onde és muitíssimo bem-vinda. Depois, há a esclarecer que ando cada vez menos entregue a estas trocas blogueiras; por inúmeros motivos, de entre os quais o facto de andar assoberbada de trabalho urgente, que me exige tempo e alma. Todavia, pela sincera razão de que gostei do que aqui vi (e já não era segredo para mim que escrevias lindamente, pois se te leio em comentários extremamente bem feitos), é garantido que cá voltarei, para fruir, com pompa e circunstância, de cada palavra desses teus textos longos (como eu gosto) e inspirados. Em suma, posso até tardar, mas não vou falhar!
Um grande abraço para ti, Isabel! :-)))

terça-feira, maio 22, 2007  
Blogger chandra said...

Helena,

Thats a very lovly photograph.

do you remember me? i ahv done a lot of work after you last visited me.

come, lets meet up again at:

chandrasart.blogspot.com

cnsdesigm.blogspoy.com

warm wishes

chandra

segunda-feira, junho 25, 2007  
Blogger chandra said...

sorry..its

cnsdesign.blogspot.com

warm wishes

chandra

segunda-feira, junho 25, 2007  

Enviar um comentário

<< Home